Julho 24, 2014

obscuredbycloudzz said: Sensacional

(:

Julho 23, 2014
 
 
 
 
quero uma garrafa fechada com uma vela acesa dentro.
suplicável
também quero parar de pensar contendo as tetas. 
quero uma canoa
dobrável do pequeníssimo
quero um remo viscoso, trigueiro
e também quero me atochar aos cavados de quem.
suplicante
quero febre tifoide para dois.
 
 
 
 
 
 
§ carladiacov §
     § blogspot §
             FACEBOOK

                                 here 

 

 

 

 

quero uma garrafa fechada com uma vela acesa dentro.

suplicável

também quero parar de pensar contendo as tetas.

quero uma canoa

dobrável do pequeníssimo

quero um remo viscoso, trigueiro

e também quero me atochar aos cavados de quem.

suplicante

quero febre tifoide para dois.

 

 

 

 

 

 

§ carladiacov §

     § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here 

Julho 22, 2014
 
 
 
 
já com o ratinho entre os dentes pensa o gato
salvar o inimigo da morte?
e o solta com todo carinho do mundo, esfrega o focinho no focinho desabitado, chora um pouquinho e corre o beco, todo contente, tendo feito um bem enorme ao estado, atento agora ao fuso da morte na inimizade: a fome é cega
!como pensa esse gato!
e é cego o pretexto do açougue, do açougueiro, é cega a beata e é carcomido o tronco da árvore genealógica do candidato a reeleição da prefeitura, naquele estado, é cego o aluno que não enxerga de perto, o aluno que não enxerga de longe vê tudo e ninguém perceberá até que ele tenha um busto de bronze na praça dos caga-pombo.
por fim, o gato volta ao beco e come o rato mole, mole e cheio de formiguinhas nos olhos. 
hoje não há a mínima chance de chuva.

a mínima chance de hoje não há.
 
 
 
 
 
 
 
§ carladiacov §
     § blogspot §
             FACEBOOK

                                 here 

 

 

 

 

já com o ratinho entre os dentes pensa o gato

salvar o inimigo da morte?

e o solta com todo carinho do mundo, esfrega o focinho no focinho desabitado, chora um pouquinho e corre o beco, todo contente, tendo feito um bem enorme ao estado, atento agora ao fuso da morte na inimizade: a fome é cega

!como pensa esse gato!

e é cego o pretexto do açougue, do açougueiro, é cega a beata e é carcomido o tronco da árvore genealógica do candidato a reeleição da prefeitura, naquele estado, é cego o aluno que não enxerga de perto, o aluno que não enxerga de longe vê tudo e ninguém perceberá até que ele tenha um busto de bronze na praça dos caga-pombo.

por fim, o gato volta ao beco e come o rato mole, mole e cheio de formiguinhas nos olhos.

hoje não há a mínima chance de chuva.

a mínima chance de hoje não há.

 

 

 

 

 

 

 

§ carladiacov §

     § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here 

Julho 21, 2014

 


           .para o Bastião, o Alba, o que na minha lomba segue, curtindo meu couro, segue.

 

 

 

 

 

escrevia-se na parede da caverna

ou no disco de argila

ou na parede do vaso sob a máscara

escrevia-se no linho

e depois no couro do animal

ou tudo noutra escada 

mas escrevia-se

e falava-se

lança

paixão

fome

mão

passagem

eu

você

fogo

nave

cavalo

ou tudo e noutra cuia

que cuia é onde cabe

a reminiscência da coisa

que molha e aciona o signo

tudo e noutra cuia

noutra eleição

mas escrevia-se

e usava-se outro tipo de mão

tudo era hospedeiro

no que escrevia-se

tudo era espera e anfitrião

de engrenar dois ou mais satélites

tudo era composição e decomposição

palma sonhada

passagem

alguém

nave

comida

lança

eu

ardor

arrebatamento

égua da noite

Sebastião

escrevia-se muito

Sebastião

e propagava-se

pelos cabelos

havia a propagação

 

 

 

 

 

 § larCavoDica §

§ carladiacov §

  § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here  

Julho 19, 2014

 

 

 

suspenda-me por meio segundo:

no vermelho-ouro da recordação

sobre a minha montanha

hoje vou sonhar com o trigal

quando eu acordar

te escrevo uma carta

dizendo sobre

se as orelhas e o focinho coincidiram

se de seus pontos

fez-se a rede

sabes bem

se houve

afinal

a mordida que vivo pedindo a Anúbis.

 

 

 

 

 

 

 § larCavoDica §

§ carladiacov §

  § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here  

Julho 19, 2014

 

 

 

não deixe a teia:

durante quanto tempo eu fiquei sem a língua?

uma pequeníssima ausência faz milagres pelo corpo.

onde a presa resvala é o tango de dentro: não há caça.

durante quanto tempo eu fiquei sem o idioma?

falo do amor. ah. falo do desprendimento.

o falo por falar.

 

 

§ carladiacov §

     § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here 

Julho 19, 2014
 
 
 
 
acima de tudo
quem ama
amola é o garfo
 
 
 
§ carladiacov §
     § blogspot §
             FACEBOOK

                                 here 

 

 

 

 

acima de tudo

quem ama

amola é o garfo

 

 

 

§ carladiacov §

     § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here 

Julho 18, 2014

 

 

 

caminha agora pelo planeta

uma gente que é

e que é só amor arável

gentes de gentis chiados

no hálito da linguagem esticada

para dentro e para fora da terra

 

é da desesperança maior

saber e não

sentir na caixa  

algum farol desajuizado

iniciando-se a formigar

 

 

 

 

 

 § larCavoDica §

§ carladiacov §

  § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here  

Julho 15, 2014

 

 

 

o dilúvio amoroso

a seguir

o casal recolhendo luvas e mapas empapados no quintal

 

 

 

 

§ carladiacov §

     § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here 

Julho 13, 2014

 

 

 

 

 

 

tem pensamento que precisa de cadeira

por exemplo

a idade da neve na tua barba

um quebradiço de olhar vidrado na estiagem

a santa que nunca chorou sangue

um plesiossauro na rachadura da xícara

a coisa no cheiro da tinta aquarelável

tem pensamento que precisa de cadeira e de mordedura de beiço

por exemplo

jabuticaba explodindo na boca

a idade da furna na tua barba

o fuso horário da tua barba

 

 

 

 

 § larCavoDica §

§ carladiacov §

  § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here  

Julho 11, 2014

 

 

 

um nome morre

e não vira fantasma

e um cão morre

e fede e um homem morre

e continua morrendo

eternamente.

mas se um peixe miúdo morre

morre mais um nome

e alguém faz uma festa arrebatadora nas docas.

um gato morre engasgado da espinha do nome morrido

e uma puta tropeça no gato e morre de tranquilidade extrema.

 

o diabo é um pescador infiltrado nas anáguas de deus.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 § larCavoDica §

§ carladiacov §

  § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here  

Julho 11, 2014

sapatanaavemaria said: Voce é incrivel

Obrigada! Obrigada pelo carinho! ;)

Julho 10, 2014

 

 

 

 

 

 

duas estrelas

uma orbita à outra

duas ou três moedas

num bolso furado

quatro lâmpadas

uma queimada

duas tampas de duas panelas e sete abelhas satisfeitas

e eu

que vivia a falar da vida calculada

 

a mariscada está servida

 

são dois para mim

e sete para mim

MINHA BOCA

MINHA NAVE

sucatas no deserto

delícia no deserto

sim

e os pulsares

no topo da cadeia amorosa

 

 

 

 

 

 

 

 § larCavoDica § 

§ carladiacov §

  § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here  

Julho 9, 2014

 

 

 

te amo e nunca furei teus olhos, homem insólito.

ou digo isso agora ou um anu-preto se desintegrará sobre as nossas cabeças durante a primeira colisão.

 

 

 

 

 § larCavoDica §

§ carladiacov §

  § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here  

Julho 6, 2014

 

 

 

em algum lugar do corpo humano há

um rosto

que não o rosto do corpo

um

entalhado na rocha

a rocha nalgum lugar do corpo

humano

um lago avesso e a vontade de correr para o salto

o pavor

uma prancha 

o rosto

um projeto de fuga e castigo

por não ter fugido antes

agora pular para o branco

a finalidade enfim

em algum lugar do corpo

que há de ser humano

a finalidade 

 

 

 

 § larCavoDica §

§ carladiacov §

  § blogspot §

             FACEBOOK

                                 here  

Postagens favoritas no Tumblr: Mais postagens que eu gostei »